3 dicas de como integrar loja física e virtual

3 dicas de como integrar loja física e virtual
3 min. de leitura

3-dicas-integracao-loja-fisica-e-virtual-climba-commerce.

No post de hoje vamos falar sobre um tema que gera muitas dúvidas em proprietários de lojas: como integrar loja física e virtual?

Antes de mais nada, é preciso deixar claro os motivos reais de se cumprir essa tarefa. Existem muitas vantagens ao se fazer essa integração, tais como:

  • vender mais ao incentivar a compra nos dois ambientes;
  • manter os estoques atualizados e corretos, já que a loja virtual não venderá produtos que não estejam no estoque físico;
  • otimizar o cadastro de produtos, que não precisa ser feitos duas vezes;
  • direcionar os pedidos da loja virtual diretamente à loja física;
  • centralizar o controle de tudo (logística, faturamento, pagamentos, fornecedores, etc.).

No final, quem ganha é a experiência do cliente – o objetivo central dessa integração! Portanto, as 3 dicas de ouro de hoje serão concentradas em proporcionar uma gestão otimizada e também uma boa jornada de compras para seus clientes.

 

Powered by Rock Convert

 

1. Seja omnichannel

Omnichannel é um conceito que surgiu a partir do novo comportamento do consumidor, que está mais bem informado e experiente na hora de pesquisar e comprar produtos. Trata-se, portanto, da criação de uma conexão entre todos os canais da sua loja física e virtual. 

Na prática, isso significa integrar loja física e virtual em todos os aspectos: utilizando ferramentas tecnológicas (falaremos na dica a seguir), criando estratégias de marketing que agreguem os dois locais de vendas, e, ainda, treinando bem os funcionários para que forneçam uma comunicação eficiente em todos os canais de vendas. 

Comece com as seguintes atitudes:

  • Revise todas as funcionalidades da plataforma de e-commerce que você utiliza para checar todas as possibilidades de integração entre as duas lojas;
  • Revise todas as funcionalidades da plataforma de e-commerce que você utiliza e entenda se o que você utiliza hoje supre todas as suas necessidades, para aproveitar as funcionalidades e integrações da melhor maneira possível.
  • Faça uma pesquisa com seus clientes para entender melhor seus comportamentos e em quais canais eles costumam se comunicar – e direcione suas estratégias de marketing para eles;
  • Crie estratégias para que clientes da loja virtual se lembrem de sua loja física e vice-versa (por exemplo: permitindo que produtos comprados on-line sejam retirados na loja física).  

Saiba mais: as melhores estratégias de frete grátis e envio no e-commerce

 

2. Tenha um ERP integrado à plataforma de e-commerce

Esta dica também vale ouro e é fundamental para você integrar loja física e virtual em termos mais técnicos.

O sistema de ERP (Enterprise Resource Planning) é um software de gestão empresarial que centraliza todas as suas tarefas gerenciais: estoque, faturamentos, pagamentos, cadastro de produtos, logística, fornecedores, RH, etc. 

Por isso é tão importante que a sua plataforma de e-commerce tenha a possibilidade de integração com um bom ERP. Desse modo, a sua loja física e virtual tornam-se uma só, em termos de gerenciamento. 

Na prática, por exemplo, você não precisará mais cadastrar um mesmo produto duas vezes. Cadastrou na loja física? O cadastro é feito automaticamente na loja virtual. Imagine o tempo economizado na gestão do estoque em sua loja? 

Pegando o ganho em sistemas a serem integrados, também tenha uma plataforma que possibilite a integração de outros recursos, como plataformas de meios de pagamento, empresas de entrega, marketplaces, etc. 

Isso é importante porque quando o cliente for comprar em sua loja virtual, ele não precisará ser direcionado a outros sites para concluir o pagamento, melhorando sua experiência de compras. 

Saiba mais: confira aqui todas as possibilidades de integração da plataforma Climba

 

3. Treine os colaboradores para integrar loja física e virtual

Outra dica de ouro é treinar os colaboradores para que eles consigam trabalham em conjunto com os canais físicos e on-line. 

Além de proporcionar boas ferramentas para proporcionar aos colaboradores um bom atendimento – ou seja, que eles tenham sempre à mão as informações essenciais para fechar as vendas – é necessário transformá-los em verdadeiros consultores de vendas. 

A chamada venda consultiva nada mais é do que preparar os vendedores para que conheçam profundamente os produtos vendidos tanto on-line quanto off-line e também conheçam bem as características dos clientes da marca.

Esse é um casamento perfeito, já que, conhecendo bem o cliente e o produto, é possível estabelecer bons argumentos de vendas, tirar todas as dúvidas e incentivar os clientes a fazerem um bom negócio com a loja. 

Por isso, coloque os vendedores em todos os canais de atendimento, inclusive no chat da loja virtual – mesmo que haja um chatbot pré-configurado. 

Com essas três dicas de ouro, ficou mais fácil integrar loja física e virtual, não é mesmo? Então o próximo passo é saber mais detalhes sobre como a plataforma Climba consegue fazer perfeitamente essa integração.

 

Powered by Rock Convert

 

Leave a reply

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>